Claire compartilhou no seu Instagram com seus fãs um relato muito emocionante e pessoal à respeito de um aborto que ela sofreu à 10 dias atrás. No relato Claire comenta a dor de passar por essa experiência e sua busca por mulheres que passaram pela mesma situação que ela. Por fim ela cita uma publicação sobre o assunto e encoraja as outras vítimas dessa situação a compartilhar as suas histórias e se manterem confiante.

Confira a seguir o relato traduzido:

Eu tirei essa foto 10 dias atrás, enquanto eu esperava por uma cirurgia depois do meu doce pequeno bebê perder seus batimentos cardíacos. Eu enviei para meu noivo. no quarto de espera. para mostrá-lo que eu estava bem. Eu não estava. Eu nunca me senti mais abalada em minha vida. Eu estou receosa de compartilhar isso tão cedo e intrigada em tornar público algo tão pessoal, mas vou fazer isso de qualquer forma porque é importante. Depois do D&C, eu passei horas na internet procurando por mulheres que passaram pela mesma situação. Eu estava desesperada para encontrar alguém, qualquer um, que poderia se identificar com o que eu estava sentindo. Alguém para me contar que aquela depressão e falta de esperança era normal. Que não foi minha culpa. Que eu não estava danificada para sempre. Eu encontrei uma comunidade de mulheres que compartilharam da mesma experiência que a minha. Que estavam abertas e vulneráveis em relação a aborto, algo que geralmente não é discutido abertamente. Destrói meu coração pensar que perder um bebê deve ser algo que devemos manter para nós mesmas. Por que isso é tão diferente de uma morte de um alguém que amamos? Como isso é menos importante? Aqui está o que aprendi enquanto tive que escalar esse buraco negro: apoio é tudo. Eu poderia não ter sobrevivido a isso sem o amor incondicional do meu parceiro. Apesar da dor dele, ele foi minha rocha e meu ponto seguro. Eu nunca saberei como agradece-lo. Eu também descobri que estar aberta às pessoas é crucial. Assim que eu contei minha história, quase todo mundo com quem eu falei me contaram as delas, de suas esposas e irmãs. Tantas pessoas passam por isso e eu entendo o peso dessa dor, ainda assim poucas pessoas conversam sobre isso. Por fim, eu gostaria de compartilhar uma publicação de um blog que me identifiquei. Você pode encontrar o link na minha bio, @leandramcohen do @marepeller articula a montanha russa de emoções com uma auditoria que eu nunca possuiria. Para todos aí fora que passaram por um aborto, eu entendo você. Eu compartilho de cada pedacinho da sua dor e você não está sozinha. Por favor, seja gentil com você mesma e eu espero que você se sinta confortável em compartilhar sua história.

Para acessar a publicação citada pela Claire, clique aqui.

Nós da equipe CHBR sentimos muito em compartilhar essa notícia e desejamos muita força e esperança à Claire e todas mulheres que vivenciam o mesmo.

Deixe seu comentário

  1. larshobmaResponder

    Maravilhosos! Muito obrigado!!